Com uma construção que recua ao século XVII, localizado na principal artéria da cidade, a antiga Rua Direita, o edifício insere-se no conjunto de edifícios que marca a afirmação do Renascimento na cidade. É caracterizado pelos portais com moldura de meia cana, rodeados por pilastras caneladas sobrepostas por frontão e a cornija saliente em cantaria interrompida por gárgulas de canhão estriadas.