Implantada em pequeno promontório sobre o vale do rio Mondego, a construção desta capela remonta ao século XVI. O seu portal, em abóbada de berço, é o elemento arquitetónico mais destacado. No interior, de uma só nave, destaca-se um conjunto ímpar de pinturas murais do século XVI, a fresco, representando cenas da vida de Cristo, de que restam figurações da Fuga para o Egipto e do episódio de Jesus entre os Doutores.