Novas exposições no Museu da Guarda até ao final do ano

 

Novas exposições no Museu da Guarda até ao final do ano

Na quinta-feira, dia 11 de novembro, o Museu da Guarda inaugura pelas 18h00 duas novas exposições nas salas do Paço da Cultura. Na Galeria Evelina Coelho vai estar patente ao público a exposição Aires d’a Miña Terra – Poemário Ilustrado uma mostra com 26 imagens gravadas a carborundo V33 realizadas pelo coletivo de artistas espanhóis que, sob a orientação do Professor catedrático de Desenho e Gravura da Universidade de Salamanca, José Fuentes Esteve, ilustram a famosa obra do poeta galego Manuel Curros Enríquez (1851-1908).

Recorde-se que este escritor da segunda metade de Oitocentos fez da poesia uma arma a manejar antes de todas as lutas, em nome da liberdade e da justiça, contra a miséria e contra a opressão, visando o despertar das consciências e o reafirmar da cultura galega como berço da lírica. Os criadores envolvidos neste projeto ensaiaram uma interpretação artística desse universo literário, privilegiando assim o diálogo entre a poesia e as artes visuais.

Já no Espaço #4, é inaugurada a Exposição audiovisual, F-Play. Trata-se de um Coletivo de alunos do curso de Multimédia da ENSIGUARDA que através do programa Incentiv[art] da Câmara da Guarda criaram três documentários: Rota do Douro vinhateiro; Van Gogh infinito; e SHE. Toda a organização da exposição resulta de um trabalho coletivo, de alunos e professores, sob a orientação da docente e artista Sofia Gralha. Tal como a exposição de gravura, esta mostra ficará patente até 31 de dezembro, com entrada livre.

Recorde-se que o programa Incentiv[art] foi criado pelo Município da Guarda para estimular a criação artística local, tendo surgido num período pós-pandemia por COVID 19 e em linha com a programática cultural da Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura em 2027.